Unidade Campinas: (19) 2515-3600 | Unidade Vinhedo: (19) 3876-1494 | Unidade Sorocaba: (15) 3357-6329

A dúvida é mais comum no período da Páscoa, mas a recomendação vale para todo o ano:

Não devemos dar chocolate a cães e gatos!

 

O chocolate, além de ser rico em cafeína, gordura e açúcar, possui alto teor de um composto chamado “teobromina”.

A concentração de teobromina encontrada no chocolate é segura para ingestão humana, porém cães e gatos metabolizam essa substância mais lentamente, podendo apresentar grave quadro de intoxicação. Além disso, a cafeína também é tóxica pros animais e o excesso de gordura pode predispor os cães ao desenvolvimento de pancreatite (grave inflamação pancreática).

Se seu animal ingerir chocolate, leve ele imediatamente para o veterinário!

Os sinais da intoxicação por chocolate incluem: diarreia, vômito, alterações cardíacas (aumento da frequência cardíaca), hiperatividade, agitação, vocalização, tremores, fraqueza e convulsão. Esses sinais podem ocorrer entre 6 a 12 horas após ingestão, além disso, a gravidade do quadro está relacionada à quantidade ingerida por peso de animal e pode levar até mesmo ao óbito.

Guarde sempre os chocolates e produtos que contenham cafeína  longe do alcance do seu pet! A prevenção é sempre o melhor remédio!

Se seu animal ingerir chocolate, leve ele imediatamente para o veterinário!

 

Os sinais da intoxicação por chocolate incluem: diarreia, vômito, alterações cardíacas (aumento da frequência cardíaca), hiperatividade, agitação, vocalização, tremores, fraqueza e convulsão. Esses sinais podem ocorrer entre 6 a 12 horas após ingestão, além disso, a gravidade do quadro está relacionada à quantidade ingerida por peso de animal e pode levar até mesmo ao óbito.

Guarde sempre os chocolates e produtos que contenham cafeína  longe do alcance do seu pet! A prevenção é sempre o melhor remédio!

Paula Nassar De Marchi endocrinologia veterinaria sorocaba

Autora do texto:

M.V. Mestre Paula Nassar De Marchi

 

 

Se você e seu veterinário decidirem que seu pet precisa de um acompanhamento especializado em endocrinologia veterinária, lembrem-se que vocês podem contar com os profissionais da VESP.
Agende uma consulta ou exameEncaminhe um paciente

 

 

Outros artigos sobre Nefrologia e Urologia Veterinária:

O que é insuficiência renal (nefrologia veterinária)

A insuficiência renal é um diagnóstico que expressa uma perda maior ou menor da função renal. Qualquer desvio funcional, de qualquer uma das funções renais, caracteriza um estado de insuficiência renal. Mas, somente a análise dessas funções nos permite afirmar que há...

Doença Renal Crônica (nefrologia veterinária)

A doença renal crônica é definida como enfermidade renal que está presente de meses a anos. Os termos doença renal crônica (DRC) e insuficiência renal crônica (IRC) se referem à mesma condição. Há muitas causas diferentes de DRC, contudo, no momento que o animal...

Avaliação da função renal em cães e gatos

No exame do trato urnário é necessario fazer uma avaliação clínica e laboratorial completa. O primeiro passo é avaliação clínica do animal por meio da realização do exame físico geral. Durante o exame físico geral do animal nefropata podem ser encontradas algumas...